Entrevista por telefone enfoca perfil técnico

Você já foi convidado a falar sobre suas experiências e expectativas profissionais via telefone? Se não, prepare-se. Qualquer profissional que busque emprego pode receber ligações do recrutador. Consultores explicam que a entrevista por telefone é feita para averiguar o perfil técnico do candidato. Portanto, qualquer contradição entre o que foi escrito no currículo e o que é falado ao telefone mina a continuidade do profissional no processo de seleção.

“O principal objetivo da entrevista por telefone é fazer uma triagem inicial para verificar se o candidato atende ao perfil básico da oportunidade em questão. Averigua-se formação, domínio de idioma, experiência requerida, pretensão salarial”, afirma Tais Targa, especialista em Entrevista do Empregos.com.br e manager partner da TTarga Career Consulting.

Objetividade e interesse pela vaga
Ao receber o telefonema do recrutador a recomendação é certificar-se da privacidade para conversar. Dada a impossibilidade sugira um horário e telefone. “Deve-se inclusive evitar prolongar o assunto caso esteja no trânsito, trabalho ou em locais públicos. O ambiente barulhento tira a atenção do entrevistado e interfere na avaliação do recrutador”, diz Tais.

Outra orientação é responder as perguntas com tranquilidade. “Objetividade é fundamental”, destaca Margot Nick, manager da Kienbaum Brasil, consultoria de recursos humanos. Ela avisa que é preciso ser honesto acima de tudo. “Mesmo que o candidato não tenha o perfil para a posição atual, talvez possua experiência ou conhecimentos que interessem ao recrutador. É de bom tom atendê-lo com cordialidade e atenção.”

É importante demonstrar ainda interesse pela vaga. De acordo com Tais Targa, o candidato também pode fazer perguntas. “Pode perguntar qual é o salário e benefícios oferecidos e os principais desafios da oportunidade”, aponta. Questionar sobre a empresa - caso não a conheça - é igualmente recomendado, ressalta Margot Nick.

Fatores de eliminação
Uma das razões de eliminação na entrevista por telefone, segundo Tais, é a falta de fluência na língua inglesa. “Alguns headhunters (caçadores de talentos) fazem determinadas perguntas em inglês. Quando o profissional não consegue se comunicar por telefone é automaticamente eliminado. Outro exemplo de eliminação está relacionado à pretensão salarial do profissional.”

Margot ressalta que a não disponibilidade para mudar de cidade ou Estado com a família também é um dos principais motivos de descontinuidade nos processos seletivos.

+ perguntas feitas pelo recrutador na entrevista por telefone

    * Fale mais sobre sua experiência profissional.
    * O que está buscando no mercado?
    * Qual é a sua pretensão salarial?

+ perguntas que podem ser feitas pelo candidato

    * Quais os principais desafios da oportunidade.
    * Qual o ramo de atuação da empresa? (caso não saiba)
    * Qual é o salário?*
    * A empresa oferece benefícios?*

*ao fim do contato telefônico
 

Fonte:
http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/noticias/entrevista-por-telefone.shtm?&utm_source=EMP_BOL&utm_medium=BOL_CARR&utm_content=BOL_CARR_1_060711&utm_campaign=BOL_CARR_1_060711

Recursos Humanos

Consultoria para implantação de práticas de Gestão de Pessoas. Realização de Pesquisas de satisfação auxiliando a empresa no planejamento de estratégias. Recrutamento e Seleção através da metodologia Seleção por Competências. Avaliação Psicológica: Espaço Confinado, Potencial.

Engenharia e Serviços

A MANES presta serviços de assessoria, gerenciamento e fiscalização de obras industriais, comerciais e residenciais.

Domus Temporário


O trabalhador temporário pode atuar tanto na atividade-meio, quanto na atividade-fim da Empresa Cliente.

Cadastre-se Aqui


Cadastre-se gratuitamente. Clique abaixo e preencha seus dados profissionais e pessoais candidatando-se nas oportunidades de seu interesse. Boa Sorte!

Manes RH - © Copyright 2008-2011 - melhor visualizado na resolução de vídeo 1024x768 pixels.
Desenvolvido por