As 5 fases da vida para construir a carreira

Sonhos indicam a direção. Metas definem objetivos. Ações asseguram a conquista. As escolhas você é quem faz.


Quem já entendeu o quanto é fundamental planejar desde cedo o pós-carreira, certamente precisará definir quais serão as suas prioridades nos diferentes momentos. Não tem jeito, a única alternativa para chegar lá sem sustos é traçar metas e ações ao longo das suas fases de vida.


Somente você pode fixar as suas metas, vivê-las e usufruir os benefícios alcançados. À medida que você vai anotando suas metas, suas ações, o entusiasmo pelo exercício vai tomando conta e logo, logo você terá concluído o seu próprio plano de vida. A experiência de consultório mostra que as pessoas relutam em parar por uns poucos instantes e refletir sobre a sua vida, sua carreira, o seu futuro. Será por que somos latinos? Por que vivemos num país tropical, bonito por natureza? Mas não precisa muito empenho para convencer aqueles que procuram ajuda de que vale a pena e é plenamente possível planejar a vida com razoável grau de acerto.


Neste artigo, oferecemos à reflexão alguns conselhos de quem já experimentou e gostou do exercício e concluiu o plano que mudou a vida de muita gente. Veja a seguir como fazer dos 20 aos 60 anos.


Para quem está na faixa etária de 20 a 30 anos


Esta é a fase do trabalho duro, da busca pelo espaço ao sol. É o momento em que se deve criar valores, dar os primeiros passos para construir o patrimônio e educar os filhos. Na faixa dos 20 aos 30 anos o cuidado mais importante é com a carreira. Em segundo lugar na hierarquia das prioridades vem o cuidado com o dinheiro – combustível indispensável para fazer as engrenagens da vida funcionarem. Em terceiro, há os cuidados com a família, seguindo-se dos cuidados com a saúde e com a aposentadoria.


Pode parecer prematuro aos 20, 25 anos pensar em aposentadoria, já que é uma realidade ainda distante de quem está nessa faixa etária. Mas, acredite, a chave de tudo está justamente em antecipar o futuro, porque a aposentadoria um dia vai chegar.


Para quem está na faixa etária de 31 a 40 anos


O trabalho duro continua intenso, mas sob outra ótica. Nesta fase de vida, adquire-se experiência, testam-se teorias, aprimoram-se as escolhas. Na faixa dos 31 aos 40 anos, os cuidados mais importantes continuam sendo na seguinte ordem: a carreira, o dinheiro, a família, a saúde e a aposentadoria. Nada muito diferente do que ocorre na faixa etária anterior. Mas a grande diferença é que aqui devem ser feitos investimentos para avançar na carreira, como cursos de pós-graduação, MBA, mestrado.


Para quem está na faixa etária de 41 a 50 anos


É a melhor fase da vida profissional. A carreira está consolidada, a poupança engordou, a saúde está ótima. Aqui você já deve ter arriscado uma carreira no exterior. Cuidados com o dinheiro assumem a lista de prioridades, pois além de utilizá-lo para aproveitar a vida como foi dito, deve ser destinado para enfrentar despesas crescentes com a família.


Entre 45 e 50 anos aparece aquele medo de perder o emprego e não conseguir mais se recolocar no mercado. Portanto, “poupar” para eventuais contingências é prioritário. A saúde torna-se a prioridade número dois, seguida da família, carreira e da aposentadoria.


Para quem está na faixa etária de 51 a 60 anos


Aposentadoria à vista! E esta será a sua prioridade número 1 porque você está na derradeira década da vida profissional e se aproximando do pós-carreira. As suas prioridades, naturalmente, devem acompanhar a etapa de sua vida. Depois da aposentadoria, a saúde é a sua segunda prioridade, seguida de dinheiro, carreira e família.


Chegou também o momento da contagem regressiva para se preparar sua saída de cena. É a hora de deixar seu legado de realizações para a história. Aqui, as metas devem ser estabelecidas dentro deste ideal de vida. Procure liderar projetos que deixem sua marca pessoal, escreva artigos para jornais e revistas. Estas são ótimas ações para perpetuar o seu nome.


Para quem passou dos 60 anos


Pronto! Você chegou ao início do seu pós-carreira. Vive uma nova rotina e está longe dos holofotes. Até aqui se você seguiu obstinadamente o plano estratégico que você mesmo criou para a sua vida, conseguiu chegar aos 60 com saúde, dinheiro e muita vontade de contribuir para a comunidade, desfrutar de uma vida cheia de propósito, muito motivado. Com o seu plano diretor de pós-carreira à mão – que você elaborou sozinho ou com ajuda profissional - é hora de colocá-lo em prática.


Se não, deve começar, urgentemente, a pensar no que fazer; seja montar um negócio, virar consultor, fazer parte de ONGs. Ou, se você está em mercados aquecidos, como o de petróleo e tecnologia (mais especificamente, atuando na área de mainframe), pode ter a chance de continuar no mercado corporativo. Sim, porque profissionais de cabelo branco são bastante valorizados nesses segmentos, que enfrentam um déficit de profissionais experientes e altamente especializados.


É ótimo ter opções no pós-carreira. Mas planejar é preciso, mesmo em um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. Que beleza!


Fonte: http://www.rhportal.com.br/artigos/wmview.php?idc_cad=95pmefmqz

Recursos Humanos

Consultoria para implantação de práticas de Gestão de Pessoas. Realização de Pesquisas de satisfação auxiliando a empresa no planejamento de estratégias. Recrutamento e Seleção através da metodologia Seleção por Competências. Avaliação Psicológica: Espaço Confinado, Potencial.

Engenharia e Serviços

A MANES presta serviços de assessoria, gerenciamento e fiscalização de obras industriais, comerciais e residenciais.

Domus Temporário


O trabalhador temporário pode atuar tanto na atividade-meio, quanto na atividade-fim da Empresa Cliente.

Cadastre-se Aqui


Cadastre-se gratuitamente. Clique abaixo e preencha seus dados profissionais e pessoais candidatando-se nas oportunidades de seu interesse. Boa Sorte!

Manes RH - © Copyright 2008-2011 - melhor visualizado na resolução de vídeo 1024x768 pixels.
Desenvolvido por