Mudar é preciso!

Muitas pessoas sentem-se confortáveis do modo em que se encontram e no meu ver não há problema algum nisso; outras são inquietas, ávidas por algo novo, já outras são bem resistentes quando o assunto é mudança. Mas há momentos em que mudar é preciso e isso faz parte do processo de inovação, aliás, as empresas que desejam permanecer no mercado, optam por mudar sempre, a cada segundo, buscando novas formas de inovar. E no meu conceito mudar e inovar são palavras que andam de mãos dadas.

 

Porém, nem sempre essa tal de mudança é bem aceita e ainda pode trazer consigo resultados não tão positivos. Culpa da mudança? Acho que não! Quem sabe o agente da mudança não tenha se esforçado o bastante para que a transformação fosse benéfica. Isso também me lembra uma palavrinha muito conhecida por nós: resiliência. Sim. Ela também faz parte do processo de mudança, pois em casos em que o mudar não trouxer benefícios, é necessário ser resiliente o bastante para encarar a situação, levantar e de cabeça erguida seguir em frente.

 

No entanto, o perigo em se conformar com a não mudança e resistir a ela é o que chamam de estar na zona de conforto. E estar nessa assim denominada zona de conforto é um perigo para àqueles que não sabem que podem ir mais longe. Na zona de conforto oportunidades são perdidas, negócios são fechados (falidos), conhecimentos são desperdiçados e não adquiridos. Enfim, uma porção de coisas boas e legais que podem alavancar carreiras, expandir negócios e permitir crescimento pessoal e profissional podem ser perdidas por se resistir às mudanças.

 

Uma frase que traduz bem a mensagem que quero deixar é a seguinte: "Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças". Leon C. Megginson.

 

Todavia, se alguns se sentem bem na condição em que estão, então ótimo!

 

Mas cuidado! Ninguém deve sair por aí achando que toda chance de mudar é uma boa oportunidade. Para mudar é necessário avaliar prós e contras, se isso trará benefícios válidos, se é realmente o que você quer. Colocar isso em algum lugar que mostre de forma clara o que se está prestes a fazer, a exemplo de escrever como se dará essa mudança, aconselhar-se com alguém que inspire confiança entre outas coisas. Avalie com cuidado a mudança para que ela possa trazer resultados excepcionais.

 

Siga estes passos:

1 - Identifique a necessidade de mudança.
2 - Prepare-se / planeje-se para a mudança.
3 - Aja. Realize a mudança.
4 - Avalie os resultados.
5 - Sistematize/monitore.

 

Como dito anteriormente, as empresas que querem se manter no mercado precisam estar atentas a essas mudanças e acompanhá-las, claro que sempre respaldas por um bom projeto.

 

No caso dos profissionais, a coisa não muda muito. Para aquele que tem como objetivo manter-se ativo no mercado e se tornar competitivo e atrativo, deve sim adaptar-se a essas mudanças, afinal o mercado de trabalho está em constante mudança. Outro ponto que merece menção é que você deve acompanhar essas mudanças e inovar dentro de sua área de atuação, fazer cursos de extensão, qualificação, idiomas etc., permitem que você saia da zona de conforto e ainda inove no sentido de aumentar suas competências, ou seja, seu conhecimento sobre determinada área.

 

Mas se seu objetivo é mudar e inovar para literalmente mudar de área, você precisará de um projeto para isso, para não cometer o erro de "atirar no escuro". O que eu sugiro: estude bem a área que pretende atuar, conheça como o mercado comporta-se em relação a esta área, saiba quem são seus concorrentes, potenciais consumidores e clientes, onde estão, quais meios você vai usar para chegar até eles e se fazer conhecer, saiba das oportunidades que a nova área de atuação oferece bem como as ameaças e fraquezas inerentes a elas. Outra dica é fazer uma análise SWOT pessoal, isso mesmo, aquela que fazemos para Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Coloque nos campos todas as informações que julgar necessário e a partir daí você já terá uma ferramenta para seguir em frente: o autoconhecimento.

 

A mudança faz parte de nossas vidas, teremos que lidar com elas a todo o momento, então nada melhor que estamos preparados para isso. Afinal de contas, mudar é preciso!

 

Boa mudança!

 

 

Por Camila Alves para o RH.com.br

Fonte: http://www.rh.com.br/Portal/Mudanca/Artigo/9983/mudar-e-preciso.html#

 

 

 

 

 

 

 

Recursos Humanos

Consultoria para implantação de práticas de Gestão de Pessoas. Realização de Pesquisas de satisfação auxiliando a empresa no planejamento de estratégias. Recrutamento e Seleção através da metodologia Seleção por Competências. Avaliação Psicológica: Espaço Confinado, Potencial.

Engenharia e Serviços

A MANES presta serviços de assessoria, gerenciamento e fiscalização de obras industriais, comerciais e residenciais.

Domus Temporário


O trabalhador temporário pode atuar tanto na atividade-meio, quanto na atividade-fim da Empresa Cliente.

Cadastre-se Aqui


Cadastre-se gratuitamente. Clique abaixo e preencha seus dados profissionais e pessoais candidatando-se nas oportunidades de seu interesse. Boa Sorte!

Manes RH - © Copyright 2008-2011 - melhor visualizado na resolução de vídeo 1024x768 pixels.
Desenvolvido por